0800 770 58 35 | (17) 3215-9199

Até 2024, o mercado de ERP atingirá os 50 bilhões de dólares aproximadamente

Uma pesquisa realizada pela MarketWatch mostrou que, até 2024, o mercado de ERP atingirá aproximadamente os 50 bilhões de dólares, demonstrando, assim, a grande perspectiva de crescimento desse setor.

Esse aumento pode ser justificado pelo simples fato de um sistema de ERP permitir ao gestor a integração de todos os dados de seus diferentes departamentos, que são primordiais para a empresa. Além disso, o ERP é um facilitador dos complexos processos que ocorrem na organização, auxiliando, assim, no bom funcionamento dos mesmos. Isso motivou não só as empresas de grande porte, como as de pequeno porte a investirem no ERP, já que elas podem desfrutar de diversos benefícios importantes para o crescimento do empreendimento.

COMO O SISTEMA ERP FUNCIONA DE FATO?

O ERP, tecnicamente, atua por meio de um software que gerencia as várias informações presentes na empresa de modo a facilitar a administração interna dos gestores, evitando a duplicidade dos dados e o retrabalho. Quanto ao seu uso, ele é segmentado em módulos, passando pelos diversos setores da organização, entre eles, o financeiro, compras, estoque, vendas, faturamento, fiscal, recursos humanos e outros.

As organizações utilizam somente os módulos que mais atendam às suas necessidades. O módulo financeiro, por exemplo, refere-se ao fluxo de caixa e é muito importante para que a empresa tenha maior controle do que está ou não sendo gasto, possibilitando o gerenciamento desses recursos de forma automatizada. Já no módulo compras, as informações da aquisição de mercadorias ou serviços ficam registradas no servidor, impedindo conflitos futuros na produção, vendas ou prestação de serviços. Com relação ao estoque, um módulo de gestão desse setor é um fator relevante para a otimização da empresa, funcionando de forma integrada com outros módulos, como o de vendas, o que permite a baixa no sistema do produto vendido.

Dentre os vários benefícios em se utilizar sistemas ERP, podemos destacar o fato de serem módulos integrados, o que evita informações duplicadas. Parece um item simples, porém um exemplo claro seria um fornecedor que, no mesmo cadastro no sistema ERP, acessa com níveis de permissões diferentes os diversos departamentos da empresa, podendo ser ele também um cliente e/ou um funcionário. Imagine como seriam 3 cadastros da mesma pessoa, um como fornecedor, outro como cliente e outro como funcionário, no mesmo sistema, ou seja, as mesmas informações imputadas 3 vezes. E como seria para atualizar? O mesmo se aplicaria a produtos, bens, valores, etc.

Agora que sabemos os diferenciais e a importância de um sistema de ERP para as organizações, aproveite essa oportunidade e solicite uma demonstração do Alvo ERP e reduza seus custos com nossa ferramenta! Essa pode ser a resposta que estava buscando para a otimização do seu negócio.

Fonte: Marketing Riosoft