0800 770 58 35 | (17) 3215-9199

Entenda as etapas para qualificação dos Leads

Entenda as etapas para qualificação dos Leads

Lead é uma forma de qualificação de um contato e o esforço do setor de marketing das empresas para gerar leads, quando acompanhando pelo comercial, resulta em novos clientes.

Quando o resultado esperado não é alcançado, é necessário reavaliar as estratégias de qualificação de leads. Uma grade base de lead exige intenso trabalho de qualificação para gerar valores à empresa. A qualificação de leads vai assegurar às equipes comerciais oportunidades potenciais, ou seja, pessoas preparadas para se tornarem clientes. Há etapas fundamentais para qualificar um lead:

Identificando Leads

Necessidade e interesse

Inicialmente, devem ser selecionadas e identificadas as conversões de leads com maior interesse pelo produto. Nesta fase, uma ampla variedade de aspectos da relação com o cliente pode ser avaliada, desde um download a um pedido de orçamento.

Adequação e notificação

Após a análise inicial, da relevância e da necessidade, é indispensável o questionamento sobre a adequação do produto ou da solução a ser oferecida pela empresa. Superado este questionamento e assegurada a adequação, os leads podem ser convertidos em importantes e marcados por notificações. As notificações em tempo real potencializam os processos.

Análise e timing

A avaliação sobre o momento da abordagem exige análise do histórico de relacionamento, um levantamento sobre os argumentos, como materiais e esclarecimento, que foram oferecidos para a definição pelo produto, além de considerar informações pessoais e profissionais.

Lead qualificado

Qualificado o lead, as equipes de venda devem receber não apenas do contato, mas também as informações obtidas durante o processo de análise.

Lead não qualificado

O lead não qualificado para abordagem deve ser atendido em seus interesses, com sugestões para conferir mais conteúdos, como posts ou vídeos com mais esclarecimentos sobre o assunto. O processo de avaliação e qualificação deve ser objetivo e concluído em poucas etapas para evitar gargalos e atrasos, interferindo no fluxo de leads. O recomendado é estabelecer em algumas horas o limite para o retorno aproveitando a disposição e a necessidade. Os leads cujos processos não resultaram em vendas devem ser retornados ao marketing para ser incluído em fluxo de e-mails ou para receberem materiais específicos, conforme interesse apresentado.