0800 770 58 35 | (17) 3215-9199

Colaborador da Riosoft tem trabalho selecionado para apresentação em Roma, na Itália

Colaborador Apresentação em Roma

Colaborador da Riosoft tem trabalho selecionado para apresentação em Roma, na Itália

O analista de sistemas rio-pretense James William Pontes Miranda, de 26 anos, colaborador da Riosoft – Cia Brasileira de Software, mestrando em ciência da computação na Unesp/Ibilce, teve o seu trabalho, intitulado “A Qualitative Approach to Develop Niche Social Networks”, selecionado para ser apresentado no 18th International Conference on Enterprise Information Systems (ICEIS), em Roma, na Itália, no dia 27 deste mês. Miranda, que atua na área de engenharia de software e banco de dados, nos falou sobre sua conquista: “Estou muito feliz. Quando alcançamos bons resultados nas pesquisas são elaborados artigos para serem submetidos a eventos científicos, como este que será realizado em Roma, com o intuito de divulgá-los. Felizmente o artigo submetido recebeu parecer positivo e foi aceito para publicação”, afirmou o profissional, que também realiza pesquisa sobre tomada de decisões na engenharia de requisitos, entre outros temas relacionados à engenharia de software.

Paralelamente ao curso de mestrado, ele atua como pesquisador do grupo GEPES (Grupo de Estudos e Pesquisas em Engenharia de Software), participando de diversas pesquisas na área, além da pesquisa principal que é tema do seu mestrado, colaborando com os demais integrantes do grupo. Na Riosoft desde julho de 2014, ele começou na empresa atuando como analista de sistemas para trabalhar com projetos PHP e desde o início esteve envolvido com o desenvolvimento de soluções para o setor de turismo. Atualmente, ele exerce a função de analista na equipe Travel Explorer.

Segundo Miranda, ele apresentará o trabalho no formato de pôster na posição de primeiro autor. Após a apresentação, o artigo será efetivamente publicado nos anais do evento que ficam disponíveis em ferramentas de indexação de artigos na WEB. “Foi o resulto de um trabalho longo e o mesmo artigo já havia sido submetido no ano passado para outros eventos científicos, sem sucesso. Dessa vez ele foi, felizmente, aceito e tanto eu como os demais autores do trabalho ficamos muito contentes. Sobre o trabalho em si, a tradução do título é algo como ‘Uma abordagem qualitativa no desenvolvimento de redes sociais de nicho’ e, conforme o nome sugere, ele busca definir um padrão de qualidade para a criação e desenvolvimento de redes sociais de nicho (redes sociais segmentadas para um determinado público/interesse)”. Participaram do trabalho ao lado de Miranda: Danilo Bueno, a Professora Doutora Rogéria Cristiane Gratão de Souza, o Professor Doutor Carlos Roberto Valêncio, o Professor Doutor Geraldo Zafalon e Professor Mestre Antônio Marcos Neves Esteca.

O analista também comentou sobre o padrão de qualidade proposto no trabalho. “Foi criado com base em dois outros padrões já bem estabelecidos para desenvolvimento de websites de outros tipos, que foram adaptados para as redes sociais de nicho. Para colocar o padrão proposto a prova foi utilizado um tipo específico de rede social de nicho, as redes sociais de leitura (GoodReads, Skoob, LibrayThing), que foram analisadas seguindo esse padrão.” Ele afirma ainda que uma rede social de leitura experimental foi criada com o intuito de observar se o padrão de qualidade proposto poderia ajudar usuários de redes sociais de nicho a ter uma melhor experiência de uso, bem como para guiar os desenvolvedores desse tipo de site a atender as expectativas dos usuários.